sexta-feira, 21 de junho de 2013

Declaração dos Pequenos Amigos dos Animais


Aprovada pela Assembleia Geral da Unesco, em outubro de 1978, Paris e traduzido do francês por Carlos Drumond de Andrade

1.    Todos os animais têm, como eu, direito à vida e a felicidade.

2.    Não abandonarei o animal que vive em minha companhia, assim como não desejaria que meus pais me abandonassem.

3.    Não maltratarei os animais; eles sofrem como a gente.

4.    Não matarei animais. Matar por divertimento ou por dinheiro é crime.

5.    Os animais têm, como eu, direito a viver em liberdade. Os circos e os jardins zoológicos são prisões de animais.


6.    Aprenderei a observar, a compreender os animais e a gostar deles. Os animais me ensinarão a respeitar a natureza e a vida.

Um comentário:

  1. animais não tem direitos,pois eles não são capazes de abrir mão dos seus direitos,então não é um direito,quando o ser em questão não é capaz de abrir mão dele

    1-então você é contra o sacrifício de animais mesmo que eles estejam com uma doença terminal e esteja sofrendo muito já que isso iria contra o direito dele a vida

    2-os animais não são seres humanos

    3-os animais são diferentes uns dos outros,então falar que um animal sofre igual ao outro é mentira

    4-o mesmo da primeira postagem

    5-então você também é contra a adoção animal,já que isso é contra o direito a liberdade

    ResponderExcluir